Siga o Sindojus-SP

3-2-16

Como receber um oficial de Justiça

Sindojusgo dá diretrizes para agilizar o acesso da Justiça nos condomínios

A diretoria do sindicato se reu­niu com diretoria do Secovi, Sin­dicato das empresas de serviços terceirizáveis, trabalho temporá­rio, limpeza e conservação ambientes (Seac-GO), presidentes de associações de moradores de condomínios, representantes dos síndicos de Goiânia e representantes de empresas terceirizadas.

Diretores do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Goiás (Sindojusgo) se reuniram na terça-feira, 27, com o vice-pre­sidente do SecoviGoiás, Ivan Hermano Filho e diretores da instituição para apresentar ma­terial com diretrizes importan­tes a respeito da atividade de­senvolvida pelos oficiais de justiça no cumprimento das or­dens judiciais e como os pres­tadores de serviço devem rece­bê-lo nos condomínios.

“A reunião foi muito produ­tiva e esclarecedora. A intenção é disseminar a importância do trabalho do oficial de justiça e como os prestadores de serviço dos condomínios horizontais, verticais e comerciais devem re­cebê-lo. Muitas vezes o oficial de justiça é impedido de entrar nos locais ou é recebido de for­ma arredia”, explica o presiden­te do Sindojusgo, Moizés Bento.

O grupo também se reuniu com o presidente do Sindicato das empresas de Serviços Ter­ceirizáveis, Trabalho Tempo­rário, Limpeza e Conservação Ambiental (Seac-GO), Edgar Segato Neto, com presidentes de associação de moradores de condomínios e representantes de síndico. O grupo decidiu fa­zer uma ampla comunicação para instruir e esclarecer sín­dicos, administradores, segu­ranças e porteiros de condomí­nios verticais e horizontais sobre como atender aos Oficiais de Justiça e abordar a correspon­sabilidade social na efetivação das decisões judiciais.

“Conseguimos firmar uma parceria sólida com todas as en­tidades para que os impasses no recebimento do oficial de justiça sejam resolvidos. Acreditamos que assim que os prestadores de serviço terem conhecimen­to de como é o nosso trabalho e como o atendimento deve ser feito, a prestação jurisdicional nesses locais será mais efetiva”, completa Moizés.

Postado por Redação em 28 de março de 2018 


Leave a comment


Nossa principal prioridade é valorizar os Oficiais de Justiça

Trabalho, seriedade, competência e respeito pela Categoria, essa é nossa marca! Valorização dos Oficiais de Justiça.

Diretoria

Diretoria

Convênios

Convênios